Slow living. Vive com mais calma…

Homem com calma
Slow living. Vive com mais calma!

Muita calma é necessário numa altura de grande mudança.

Existe algum mecanismo que nos faca mudar para um modo mais saudável e sustentável na alimentação?

Sim, esse a maior parte dos leitores da Weggan já o saberá a este ponto e como sempre temos imensos artigos ao redor disso…Mas e instalar dentro de nos uma ideia de que e possível viver de forma mais lenta, com mais calma, salutar dentro das cidades e conjugar isso com o trabalho, familia e amigos? 

Todos temos amigos que não sabem abrandar o ritmo de trabalho, que não dormem o suficiente, outros que não descansam porque passam o tempo a procurar atividades para fazer e claro um grupo enorme de pessoas (talvez nos mesmos ate) que vagueamos pelas redes sociais em busca de uma noticia, de novas fotos ou de um comentário antigo ao invés de desligar. Cada vez mais não sabemos desconectar e estamos sempre em busca do momento seguinte, de actualizar o feed da nossa conta, de ver algo que nos faca sorrir por um segundo, ou ocupamos simplesmente  o tempo com um jogo online no intervalo do trabalho para não ficarmos aborrecidos (porque já não sabemos bem lidar com essa parte).

Essa crescente ansiedade faz que não reparemos em tudo o que nos rodeia e ignoramos os ciclos dos dias por vezes. Ter noção como parar, reduzir, abrandar e viver com mais calma é mais difícil do que parece porque estamos habituados a viver de acordo com o que achamos que deve ser o nosso bem-estar físico e psicológico, mesmo que esse não seja o correto.

 Começar  a trabalhar num escritório as 8h30 e sair as 18h ou as 19h (mais uma hora no transito) faz nos limitar a nossa componente criativa, inventiva e leva nos a uma divisão interna entre o modo trabalho e o modo pós trabalho, este ultimo aquele onde vamos ao supermercado, cozinhamos, vemos TV e temos uma janela de tempo pequena para comunicar com outras pessoas antes de irmos dormir. Não acho que tenhamos que mudar radicalmente de um dia para o outro, mas cada vez mais existem pessoas a ir de encontro a ideia de respeitar o ritmo da vida, desligar mais e mais das redes sociais, do barulho que nos rodeia e limitar esse tempo para termos mais silencio, mais momentos de calma e preservar o nosso cérebro e sanidade mental sem descurar o lado laboral. 

Aqui ficam algumas ideias:

  1. Mindfulness (consciência plena), fazer com que as tuas ideias e decisões sejam mais confiantes e menos automáticas. Em vez de responder imediatamente de modo super rápido a tudo (emails, conversas), toma algum tempo e racionaliza de forma lógica para que a tua decisão seja a mais acertada possível. Tenta atingir esse estado mental de concentração para que sintas menos stress e tenhas mais consciência dos teus pensamentos. Existem imensos cursos/aulas disponíveis e interessantes hoje em dia!
  1. Ouvir! Parece simples certo? Mas quem nunca acena ou sorri numa conversa sem saber bem porque? Quantas vezes ouvimos uma pessoa e estamos a pensar em algo totalmente diferente…Se conseguirmos controlar esse comportamento instintivo,vamos ouvir mais o que a outra pessoa esta realmente a dizer (perceber as suas ideias) e levar menos tempo depois a decifrar as escolhas correctas, ganhando ao mesmo tempo mais respeito dos nossos amigos e colegas.
  1. Reduzir o passo acelerado em geral. Menos velocidade de ponta no trabalho e na vida, menos erros e mais espaço para respirar com calma. Quanto mais tempo de qualidade tivermos nas nossas mãos, mais hipóteses diversas de aprender teremos e perceber melhor porque erramos numa situação anterior em vez de não tentar perceber nada e simplesmente ir para o email ou interacção seguinte de modo repentino e brusco!
  1.  Eliminar trabalho não necessario. Emails com copia a toda a gente, telefonemas e meetings intermináveis, viagens na hora de ponta, o não sair antes das 17h porque fica mal com o chefe, não fazer intervalos para pequeno almoço e almoço porque não temos tempo e estamos sob stress, tudo isto começa a não ter lugar quando vemos que estamos em 2019, longe da revolução industrial, do picar o ponto, do ter que aquecer o lugar mesmo sem fazer muito durante alguns dias.
  1. Tempo disponível? Desliga-te! Tenta fazer um simples exercício de chegares do trabalho um pouco mais cedo que o normal, não ligares a TV/computador/tablet e simplesmente não ficares no sofá a olhar para o smartphone. Utiliza esse tempo para caminhar, ir ter com amigos ou familia ou ainda experimentar um hobby. Ao final do dia reflecte no que isso mudou a tua rotina, tira as tuas próprias conclusões e envia nos o teu feedback! Vive de forma mais lenta mas com a tua felicidade ao máximo!

Texto por: José Campos

Vê as nossas receitas: AQUI

Texto presente na revista Weggan podes ler tudo aqui: Saber mais

Já conheces o nosso Tiktok?