É oficial: a partir de hoje estamos a viver a crédito.

Hoje a humanidade atinge o limite de uso dos recursos naturais da Terra, três dias mais cedo que no último ano. Apesar de ser um tema cada vez mais recorrente, as melhorias não se fazem sentir.

Em Portugal particularmente, este gasto é ainda mais grave; se todos tivessem a mesma pegada ambiental que nós , dois planetas não chegavam para o gasto da nossa população.
Este ano Portugal esgotou os seus recursos no dia 26 de Maio, 21 dias mais cedo que no último ano.

A associação ambientalista Zero, defende a alimentação com uma redução substancial de proteína animal, transformando assim numa dieta mais saudável e sustentável.

“Este ano o limite será atingido no dia 29 de Julho, três dias mais cedo que em 2018, sendo que a tendência tem sido a de adicionar ao cartão de crédito ambiental cada vez mais cedo” referiu em comunicado a Zero.

Esta é uma noticia particularmente triste. Estamos a usar e abusar do que não nos pertence sem qualquer tipo de travão e isso vai-se refletir cada vez mais. São necessárias mudanças drásticas tanto na alimentação como na mobilidade, antes que seja tarde de mais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here