Desastre Ambiental em Alcanena coloca em causa saúde dos habitantes | Revista Weggan

Foto: Elisabete Bairreiro

Em Alcanena, distrito de Santarém a população está indignada com o que se passa.

Uma vila que tem várias fábricas de curtumes (tratamento de peles), está constantemente sujeita a cheiros moribundos e a uma poluição que é visível até, nos estores das habitações.

Nas redes sociais e grupos ligados à região pode ler-se, “Alcanena é a Chernobyl de Portugal”.

Sabemos que os habitantes da Vila já recorreram a alguns partidos políticos, depois das instâncias locais terem falhado em corrigir o problema grave que atravessam e que o PAN pelo Porta-Voz, André Silva, já questionou o MATE (Ministério do Ambiente e da Transição Energética).

Foto de : Fátima Caetano

Numa entrevista dada ao jornal O MIRANTE, um dos colaboradores da ETAR local sem se identificar disse :” O problema está na origem, nas indústrias. Há coisas que as fábricas deviam fazer antes de lançarem os resíduos nos colectores

Vai mais além, afirmando:“O cabelo das peles é arrancado ficando os restos de carne que, entretanto, são retirados. Esses restos deviam ir para contentores e ser despejados nos aterros. Mas é mais fácil derretê-los com vapor e ácido e mandá-los pelo cano abaixo”


Descobre as alternativas às peles vegetais e de qualidade


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here