Especialistas assumem: Dieta vegan pode evitar as alterações climáticas

Já sabemos que o corte de emissões poluentes de fábricas ou carros, não é suficiente para evitar alterações climáticas. Especialistas começam agora a falar que a dieta alimentar deve caminhar para dietas vegetarianas e veganas, refeições mais sustentáveis.

Está a ser discutido pelo Painel Intergovernamental sobre as mudanças climáticas em Genebra, fala sobre a importância de uma mudança na produção de alimentos e no uso da terra nas alterações climáticas.

“o consumo de dietas saudáveis e sustentáveis, tais como aquelas à base de leguminosas (…), nozes e sementes… apresenta grandes chances de reduzir as emissões de gases de efeito estufa.”

Também afirma que a terra deve ser gerida de uma forma mais sustentável, que o desperdício alimentar global deve ser reduzido, acrescentando que as fazendas de gado e campos de arroz, são responsáveis por metade das emissões mundiais de metano, sendo o metano um gás de estufa prejudicial:

“O metano não demora tanto tempo na atmosfera como dióxido de carbono, mas é inicialmente muito mais devastador para o clima por causa de como absorve o calor.(..) Nas duas primeiras décadas após a sua libertação, o metano é 84 vezes mais potente do que o dióxido de carbono. Devemos abordar os dois tipos de emissões se quisermos reduzir eficazmente o impacto das alterações climáticas. “

Finalmente a dieta vegana é indicada como um meio eficaz para o combate das alterações climáticas!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here